Os drones Blockchain estão configurados para continuar o ritmo frenético de automação que ocorre em todo o mundo. Não é incomum ver fotos extravagantes de paisagens exóticas possibilitadas pela nova onda de drones chegando ao mercado, mas onde entra o blockchain e como as empresas estão integrando essas duas tecnologias para impactar as sociedades do futuro?

Drone Delivery

Crônica

A solução mais óbvia pela qual muitos leitores gravitam é a entrega de pacotes porta a porta. Em 2016 Chronicled (agora o TrustedIoTAlliance) projetou e desenvolveu um protótipo de serviço de entrega de drones. O principal problema dos serviços de entrega de drones é criar acesso confiável quando um drone precisa entrar em um local seguro como uma casa ou depósito.

Para conseguir isso, um drone pode se conectar a um leitor de chip em um ponto de acesso conectado à IoT (Internet das Coisas), como uma porta ou janela. Depois que o leitor de chip verifica a identidade no blockchain, o drone entra e a entrega pode ser concluída. Veja um protótipo em ação aqui:

Dorado

Dorado é outra empresa de blockchain que busca interromper o setor de entrega sob demanda de US $ 215 bilhões. Os fundadores têm experiência em entrega de alimentos. No final das contas, porém, a equipe espera ajudar os clientes a entregar quase tudo que um drone pode carregar. Dorado lançou um ICO em maio de 2018 e arrecadou cerca de US $ 21 milhões para financiar a ideia.

Amazonas

Apesar de muitos projetos lançarem ambiciosamente suas próprias soluções de entrega de drones, assumir o rei da entrega não será fácil. Amazon Air Prime está em desenvolvimento desde 2013 e Jeff Bezos já tem uma liderança saudável no campo. Ele também tem os fundos para lançar sua própria criptomoeda se outros projetos começarem a assumir a liderança. Ainda assim, nenhuma palavra ainda sobre se o homem mais rico do mundo planeja integrar a blockchain em seus planos de entrega futura.

Amazon Prime Air tem uma vantagem inicial na entrega de drones, mas será que incorporará o blockchain?

Amazon Prime Air tem uma vantagem inicial na entrega de drones, mas irá incorporar blockchain?

Segurança

Outro caso de uso lógico em que os drones fazem mais sentido é no setor de segurança. Drones podem trazer o próximo nível de serviços de câmeras móveis que protegem locais altamente sensíveis. Alternativamente, eles podem atuar como a próxima geração de guarda-costas robóticos. Esses casos são um tanto questionáveis ​​para integração de blockchain. Um incidente no ano passado no aeroporto de Gatwick destaca como isso pode mudar.

Em dezembro (2018), milhares de voos foram aterrados no movimentado aeroporto britânico quando drones foram avistados perto de pistas comerciais. Mais de 1.000 voos foram interrompidos afetando os planos de viagem de férias de cerca de 140.000 pessoas, criando o caos no processo. As autoridades temiam a possibilidade de atividades terroristas, embora nenhum incidente grave tenha sido relatado. O drama resultou em perdas de £ 15 milhões ($ 19 milhões) para apenas uma das operadoras do aeroporto, a EasyJet.

Nenhum suspeito foi identificado ainda no incidente de Gatwick, o que destaca a necessidade de rastreamento adequado de drones no futuro. Uma possível solução poderia vir da IBM, que apresentou um patente em 2017, delineando como o blockchain poderia ser integrado com veículos aéreos não tripulados (UAV). De acordo com os desenvolvedores da empresa, um blockchain permitido poderia aumentar o tempo de bloqueio de uma rede e fornecer aos controladores do espaço aéreo dados sobre UAVs e operadores.

Conservação

Talvez a área mais empolgante onde os drones de blockchain podem fazer uma diferença real seja na conservação. Os parques nacionais estão empregando drones para combater a caça ilegal em muitas partes da África. Os parques nacionais estão obviamente proibidos para uso público de drones. No entanto, drones são permitidos em outras áreas, e uma empresa está procurando aproveitar o crescimento global dos drones pessoais.

Planar, uma empresa da Austrália deseja coletar fotografias aéreas para melhorar setores como agricultura inteligente, planejamento urbano, assistência a desastres e gestão de recursos naturais. Os usuários tradicionalmente contam com empresas globais como o Google para fornecer tecnologia de mapeamento. Amir Farhand, CEO da Soar acredita que os dias do mapeamento estático acabaram e será o público quem fornecerá um novo conjunto de recursos de supermapeamento dinâmico. Todos esses dados ficarão no blockchain e os criadores serão creditados e compensados ​​por contribuir com o sistema.

Desafios

Competindo pelos céus

Um ou dois drones no céu podem não representar um problema. Mas quando há centenas competindo pelo mesmo espaço aéreo, é provável que haja alguns problemas. O que constitui espaço aéreo público? Os drones podem voar sobre as casas de outras pessoas ou devem ficar nas estradas? Como as empresas evitarão colisões aéreas? A humanidade será confrontada com um novo tipo de poluição do ar?

As empresas precisarão resolver essas e outras questões para que os drones se tornem uma característica regular de nossos céus. Os projetos terão que trabalhar em estreita colaboração com organizações governamentais locais, reguladores e, claro, o público em geral. Caso contrário, eles podem apenas se ver afundando dinheiro em nobres ideais do céu, e não em ideais voadores.

Violações de Privacidade

A essa altura, deve ser óbvio que os drones podem representar uma séria ameaça à privacidade. Para evitar isso, blockchains públicos em vez de privados (como a IBM propõe) podem ser a resposta. Se o público em geral tiver acesso a um blockchain de registro de drones, eles serão capazes de validar ou rejeitar quaisquer drones que se aventurem em suas vizinhanças. Isso, é claro, depende de drones transmitindo um sinal público em primeiro lugar.

Os Drones Blockchain são o futuro?

Esta é uma pergunta particularmente difícil de responder. A tecnologia é uma faca de dois gumes. Por um lado, ele traz novas possibilidades interessantes e, por outro, adiciona todo um novo conjunto de problemas. Certas aplicações, como medicamentos de emergência e campanhas anti-caça furtiva, são situações em que os benefícios são imediatamente evidentes.

Em particular, os locais remotos poderiam ver o maior crescimento devido ao impacto limitado ali. Introduzir drones em áreas urbanas altamente povoadas é uma história completamente diferente. No mínimo, a sociedade pode precisar confiar em soluções de blockchain para manter esses robôs voadores sob controle.

Mike Owergreen Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me